Fit

Desabafo Eu e so Eu

17:03

Desde sempre guardei muitas coisas, sentimentos dentro de mim por medo ou não compreensão de muita gente que me rodeia. E como ultimamente tenho estado mais triste e carente gostava de compartir umas coisas sobre mim que muitos desconhecem e por vezes gozam.
Quando tinha cerca de 7 anos (não me lembro bem) descobriram uma doença desconhecida e que ninguém sabe o porque nem tem cura, afecta algumas capacidades e até mobilidade. Falta a cabeça do fémur esquerdo, até inclusive muitos médicos questionaram o meu problema e sem acreditarem que fosse possível ate terem provas.(Aqui está uma doença que eles mesmo desconhecem o que me indigna muito e me da raiva ter que explicar vezes sem conta.)

Pelo qual eu coxeio e muitos gozam sem saber a que se deve. Fui operada 2 vezes uma para aplicarem uns ferros para tentar igualar o tamanho de ambas pernas e da segunda vez de urgente passados 7-8 meses porque o meu corpo não aceitou e dobrou totalmente os ditos ferros. Agora a única solução é esperar aos 40 aplicar prótese e levar uma vida sem exercícios que impliquem muito esforço nem muita movimentação motora das pernas (sim proibida de correr, longas caminhadas, andar de bicicleta etc. única coisa é nadar).
Mas isso nunca me deitou abaixo e a prova é que quando gozam comigo eu rio, quando me chamam agora deficiente eu defendo-me e não deixo de ser menos pelo contrario a prova esta no meu mais que tudo o meu filho de 8 meses que é a prova que a minha vida é totalmente normal e igual a qualquer outra. Sou uma mulher completa.
Obrigado a todos os que me apoiam e a todos os que não tinham conhecimento do meu problema, lhes peço para nunca mais gozarem com pessoas que tem deficiências ou problemas motores, não imaginam a dor e a depressão que podem provocar em pessoas como eu ou em pior estado. 
O dia de amanha é longo e nunca se sabe o que pode passar a cada um!

Por Sandra R.

You Might Also Like

0 comentários

Follow Me

G+ Seguidores